5 instituições de financiamento estudantil e seus diferenciais

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e competitivo. Nesse cenário, apenas o curso de graduação já não é mais suficiente para se destacar e conquistar melhores oportunidades no mundo corporativo. Mais do que nunca, para o pós-pandemia, investir em um curso de pós-graduação ou MBA, tornou-se essencial.

Nos cursos de pós-graduação e MBAs, o custo total com as mensalidades costumam variar entre R$ 30 e R$ 50 mil. Por conta desse alto valor, muitos estudante acabam deixando de realizar o sonho de cursar uma pós-graduação, principalmente nesse momento de crise que ocasionou inúmeras demissões e dificuldades financeiras. Mas, o que muitos ainda não sabem, é que o financiamento pode ajudar nessa jornada.

Quais as opções de financiamento estudantil?

A opção de financiamento estudantil mais popular é o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil). Mas, quando o estudante não cumpre os requisitos necessários, existem ainda outras alternativas, como algumas faculdades que já oferecem financiamento próprio, mas que normalmente vêm acompanhados de altos juros.

Além dessas opções, é possível recorrer a bancos que oferecem crédito para a educação, organizações de crédito educativo ou fintechs de financiamento estudantil, onde há planos voltados para todos os públicos, cursos e perfis.

Via de regra, essas instituições mantêm convênios com escolas de MBA e os planos cobrem todos os tipos de cursos de pós-graduação. Geralmente, cada banco tem suas regras quanto a juros, multas e prazos. Normalmente, se você contrata um crédito para pagar as mensalidades referentes a um semestre, tem até 12 meses para quitar o empréstimo.

A seguir, elencamos alguns programas que têm deixado esses cursos cada vez mais acessíveis.

5 tipos de financiamento estudantil
5 tipos de financiamento estudantil

Confira os diferenciais entre 5 instituições que oferecem financiamento estudantil

1 – Banco do Brasil

Para garantir o melhor preço na antecipação das mensalidades o BB Crédito Consignado tem buscado parcerias com as instituições de ensino. O crédito pode ser utilizado em outras instituições de ensino, a critério do cliente, que ficará responsável pela negociação do desconto para pagamento à vista!

Para quem deseja pagar menos encargos, o ideal é que contrate no menor prazo. Entretanto, deve observar quanto da margem consignável ficará disponível, caso deseje utilizar o crédito em períodos futuros. Se deseja pagar parcelas menores, pode aumentar o prazo de pagamento, considerando que o desconto oferecido pela instituição de ensino subsidiará parte dos juros.

Clientes do BB tem desconto exclusivo na negociação. É preciso ter limite de crédito disponível no BB é um dos requisitos para a contratação.

2 – Caixa

Para efetuar um financiamento pela Caixa, o estudante deve consultar o gerente de sua agência e trazer documentações referentes à instituição de ensino. A única exigência do banco é que o curso seja reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). A Caixa efetua o pagamento à vista e, por conta disso, consegue descontos no valor total do curso. O pagamento, pelo aluno, pode ser feito em até 36 vezes

3 – Santander

O banco oferece financiamento total ou parcial, com taxas a partir de 1,99% ao mês e parcelas fixas que podem variar entre seis e 60 meses. Além disso, não há necessidade de avalista ou garantias.

Para obter o financiamento o aluno deve ser correntista do banco e estar matriculado em um curso de pós-graduação reconhecido pelo MEC. Para contratar o financiamento é necessário ir até uma das agências do banco e levar: os seus documentos pessoais e uma carta de habilitação (disponível no site do Santander), preenchida e assinada pela instituição.

Após essa etapa, uma análise do crédito é feita em até 7 dias. O valor é liberado para a universidade em parcela única referente a todo o período.

4 – Bradesco

Neste tipo de financiamento estudantil, o crédito é liberado na conta corrente do estudante que preencher uma ficha de inscrição para ser aprovada. Pessoas que tenham o nome listados nos órgãos de proteção ao crédito, como Serasa e SPC, não podem contratar esse serviço.

Aqui, o limite de financiamento é de R$ 40 mil, financiamento de até 70% do valor do curso, disponível para correntistas com idade mínima de 18 anos. Após a conclusão do curso, o estudante terá 18 meses de carência para refazer seu orçamento. Só depois desse período é que o saldo devedor será parcelado em até três vezes o período financiado do curso, acrescido de 12 meses.

5 – Pós Financiada

A Pós Financiada é uma fintech especializada em financiamento estudantil para pós-graduação, MBA, mestrado, doutorado, universidades corporativas, módulos internacionais e programas de especialização. A instituição possui as melhores condições do mercado, com as menores taxas de juros que resultam em parcelas a partir de R$ 99. Desta forma, a Pós Financiada surge como uma opção mais viável para quem está pensando em continuar os estudos e garantir um currículo mais competitivo.

Além disso, a fintech também possibilita aos alunos o refinanciamento dos estudos, com as mesmas condições dos novos contratos (juros mais baixos e mensalidades até um terço menores), o que proporciona um fôlego a mais nas finanças sem necessidade de interromper o seu sonho.

Conheça mais sobre a Pós Financiada. 

 

Compartilhe:

Mais artigos

Receba nossas novidades por email